top of page
  • Foto do escritorAlex Nakahara

O que é CFOP e como devo utilizar?



Vamos abordar a importância dos CFOPs na área fiscal. Como gestores, é essencial compreender essa terminologia, apesar de sua complexidade. Emitir notas fiscais incorretas pode resultar no pagamento indevido de impostos, prejudicando nossos produtos e vendas. Da mesma forma, ao realizar compras de mercadorias, é fundamental garantir a correta contabilização dos impostos para evitar discrepâncias.


O que é o CFOP? 


O CFOP é o Código Fiscal de Operação e Prestação. Ele é um código que indica o tipo de operação realizada com mercadorias ou serviços, tanto na entrada quanto na saída, podendo ocorrer entre estados ou países diferentes. Ele é utilizado para calcular impostos, realizar registros contábeis e compreender os resultados financeiros da empresa.


Na nota fiscal eletrônica onde tem a lista dos produtos terá um campo chamado CFOP que é um código composto de 4 dígitos que vai definir qual que é a operação que está sendo realizada, fiscalmente.


  • Primeiro dígito: indica se a operação é de entrada ou saída;

  • Segundo dígito: indica o grupo ou tipo de operação descrito no documento fiscal;

  • Terceiro e quarto dígitos: especificam o tipo de prestação ou operação realizada.



CFOP de Entrada


Quando se trata de entrada de Produtos/Mercadorias, significa que o emitente irá receber, podendo ser compra para comercialização/produção, devolução de venda de cliente, retorno para conserto, entre outros. Podem ter as seguintes iniciais:


Inicial 1 - entrada e/ou aquisições de serviços do mesmo estado;

Inicial 2 - entrada e/ou aquisições de serviços em diferentes estados;

Inicial 3 - entrada e/ou aquisições de serviços de outros países.


CFOP de Saída


Para saídas, o emitente está indicando que um Produtos/Mercadoria está saindo da empresa, como por exemplo: venda de mercadoria, envio de remessa ou devolução de venda para fornecedor:


  • Inicial 5: saídas ou prestações de serviços dentro do mesmo estado;

  • Inicial 6: saídas ou prestações de serviços para outros estados;

  • Inicial 7: saídas ou prestações de serviços para o exterior.


Exemplos de CFOPs válidos


  • 1102 - Compra para comercialização

  • 2202 - Devolução de venda de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros

  • 3949 - Outras entradas (Importação)

  • 5101 - venda de produtos industrializados

  • 6915 - Remessa de mercadoria ou bem para conserto ou reparo


No sistema HDTec é possível emitir a nota fiscal?


Sim, é possível! Em muitos emissores, incluindo o fornecido pelo governo, o processo de emissão segue um padrão similar.


Vou orientar sobre como emitir a nota fiscal inserindo manualmente os dados, mas também é possível fazer isso através da importação do pedido ou da devolução do pedido:


  1. Vá em Faturamento>>Emissão de Nota Fiscal e clique em inserir;

  2. Informe o Tipo da NF;

  3. Insira o Cliente;

  4. Vincule o número do pedido de Compra do Cliente se tiver;

  5. Preencha o Destino da Operação e Natureza de operação;

  6. Insira informações dos Produtos, Transporte e todos os dados necessários.


Para saber qual CFOP correto a ser utilizado, recomendamos que consulte a contabilidade da sua empresa!


Quer saber mais sobre o ERP HDTec? Fale com nossos especialistas:







8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page